Siderúrgica/MG [BRA]

Atualizado em 10/08/2016
Nome Oficial Esporte Clube Siderúrgica
Fundação  31/05/1930
Status Atual  Em atividade
Endereço  Rua da Ponte, s/n
Bairro 
Cidade  Sabará
Estado  Minas Gerais
CEP  34500-000
País  Brasil
Retrospecto  Clique aqui para ver todos os campeonatos com participação deste time
Localização 
Telefone  (31) 9766-8130
Apelido 
Mascote 
Uniforme 
Equipe Ranqueada  Siderúrgica
Grafia Orig. Oficial 
Site Oficial 
Outros Sites 
Outros Sites 
Estádios  Israel Pinheiro, Itabira/MG, Brasil
Joaquim Henrique Nogueira (Arena do Jacaré ou Nogueirão), Sete Lagoas/MG, Brasil
Campo da Rua Campos Salles, Rio de Janeiro/RJ, Brasil
Praia do Ó, Sabará/MG, Brasil
Victor Andrade de Brito (Frimisa), Santa Luzia/MG, Brasil
Histórico  O Esporte Clube Siderúrgica comemorou no último dia 31 seus 70 anos. Destes, o clube viveu momentos de glórias desde a sua fundação, em 1930, até 1967, quando se licenciou da Federação Mineira de Futebol.

Durante este período glorioso era conhecido como verdadeiro gigante no futebol nacional. Em 1931, filiou-se na LMDT (Liga Municipal de Desportos Terrestres), tornando-se campeão em 1932, faturando assim a sua primeira competição. Em 1933 aderiu o profissionalismo. Mas somente em 1937 o elenco alvi-anil, denominado Academia Sabarense, conquistou seu primeiro título profissional. Em 1942, o então Siderúrgica cedeu para história do futebol, Paulo Florêncio, que foi o primeiro jogador mineiro convocado para seleção brasileira. Em 1964, sob o comando do técnico Iustrich, o time triunfou sob seus adversários sofrendo uma única derrota no certame estadual, trazendo para Sabará o memorável título de bi-campeão mineiro de futebol profissional.

Também no seu currículo, em 1965 representou Minas na Taça do Brasil, tornando-se o primeiro time mineiro a jogar uma partida nacional no estádio Magalhães Pinto, o Mineirão. Venceu o atlético de Goiás por 3 a 1. Posteriormente foi desclassificado pelo Grêmio de Porto Alegre. Segundo relatos de historiadores do clube, a última partida do Siderúrgica foi contra o Renascença em 1966, no Mineirão. Foi ainda vice-campeão estadual em 1939, 1941, 1952 e 1957. Chegou a conquistar vários "Torneios Início" e outras taças disputadas em nível nacional.

Ficou na saudade

Nos dias de hoje, de toda esta fase que durou até 1967, restam aos torcedores do Siderúrgica, somente as ricas lembranças. O estádio Praia do Ó está sendo administrado pelo departamento de esportes da prefeitura municipal. O ginásio, que leva o nome de Paulo Florêncio, atualmente recebe algumas das poucas atividades do esporte especializado sabarense. O gramado conhecido em todo o pais vem recebendo jogos do certame municipal e alguns amistosos, além dos confrontos das categorias básicas do campeonato mineiro.

Todos os prêmios conquistados em sua época gloriosa se encontram guardados na sede. E atualmente não se conhece uma política cultural para resgatar a toda esta tradição.

Mas, ei que em 2007 o Siderúrgica retorna as atividades profissionais. Até 2012 nenhum resutado expressivo.
Presidentes  2012: Ademir Silva
Hino 
Escudos na linha do tempo  Clique aqui para ver os escudos usados por este time na linha do tempo
Escudos Anteriores 
Uniforme 
Mascote