Olímpico/AM [BRA]

Atualizado em 05/09/2016
Nome Oficial Olímpico Clube
Fundação  17/10/1938
Status Atual  Amador
Endereço  Avenida Constantino Nery, 1105
Bairro  Presidente Vargas
Cidade  Manaus
Estado  Amazonas
CEP  69010-160
País  Brasil
Retrospecto  Clique aqui para ver todos os campeonatos com participação deste time
Localização 
Telefone  (92) 3233-3652
Apelido  Clube dos Cinco Aros
Mascote 
Uniforme  Camisa azul marinho, destacando a gola e punhos com frisos em branco-azul-vermelho e calções azuis na mesma tonalidade das camisas
Equipe Ranqueada  Olímpico
Grafia Orig.  Olympico
Grafia Orig. Oficial  Olympico Club
CNPJ 
Site Oficial 
Outros Sites 
Outros Sites 
Estádios  Parque Amazonense (Prado), Manaus/AM, Brasil
Vivaldo Lima (Tartarugão ou Vivaldão), Manaus/AM, Brasil
Histórico  O Olimpico Clube foi fundado com o nome de Olympico Club em 1938, no porão da casa nº 233, da rua José Clemente, bem ao lado do hoje Bar Caldeira, residência do despachante Eduardo Nogueira, o velho Dudu. Era um dos times de futebol da nossa Manaus que se vestia com mais elegância, o chamado - clube dos cinco aros, a paixão do grande cronista do passado, Belmiro Vianez. Podia ser o time titular, aspirantes ao juvenil, o cuidado era o mesmo. Todos desfilavam garbosamente e quando se tratava, principalmente das paradas esportivas, nas manhãs do dia 5 de setembro, quando então a bizarria olympica se acentuava. Três títulos no futebol, dois no regime amador e um no profissionalismo.

UNIFORMES - O time titular do Olympico de 1943, fez boa figura no campeonato oficial com alguns jogadores já consagrados como Sálvio, Tuta, Nestor, Almir, Cabral e contou com alguns - importados -, como a dupla Marcos Gonçalves e Orlando Bendelak, Chinelo e o arrojado goleiro Garcia que na temporada anterior destacara-se defendendo o frágil Independência. Camisas em azul marinho, com escudo ao peito destacando os cinco aros, gola e em vermelho-branco e azul e calções azuis. Era um de seus principais uniformes.

Além desse equipamento, o mais tradicional, o Olympico possuía outros e a cada ano apresentava modelos diferentes, sempre mais vistosos, sem desprezar suas cores: azul, vermelho e branco. O que marcou muito o clube dos cinco aros foi o uniforme azul marinho, destacando a gola e punhos com frisos em branco-azul-vermelho e calções azuis na mesma tonalidade das camisas. Esse foi o que mais tempo de vida teve. Durou até o time deixar de disputar o campeonato, já no profissionalismo. Voltou ao profissionalismo em 2010.

O Olímpico, que foi um dos clubes que ajudou a fundar a Federação Amazonense de Futebol (FAF), mantém um recorde no estadual que perdura há décadas: O jogador Quinha é o maior artilheiro em um jogo do estadual, quando marcou nove gols no jogo vencido pelo Olímpico com o placar de 14 a 1 diante do Independência, no dia 28 de dezembro de 1957, feito jamais igualado por outro jogador.

Depois de mais de 20 anos desativado, a equipe voltou a ativa em 2007, na disputa do Campeonato Amazonense da Série B. Todavia, após alguns resultados negativos, quando enfrentaria o CDC em Manicoré, não chegaram a tempo por causa de uma forte tempestade com ventania durante a viagem de barco até o município de destino e perderam por W.O..

O clube utilizou o argumento de que houve um caso fortuito com força da natureza no barco em que estariam viajando e mesmo assim a FAF não aceitou o pedido de clemência e deram a viagem a Manicoré como inexistente. Como resultado, o clube foi banido por 2 anos de todas as competições amazonenses.

A decisão tomada pela entidade foi considerada por muitos exageradamente enérgica quanto a punição ao clube, já que todos sabiam das dificuldades que se tinha em viajar de Manaus a Manicoré.

Fonte: Prof. Gaspar Vieira Neto

Arte dos escudos 4 e 5 e seus uniformes: Sérgio Mello
Presidentes 
Hino 
Escudos na linha do tempo  Clique aqui para ver os escudos usados por este time na linha do tempo
Escudos Anteriores  Olímpico/AM [BRA] Olímpico/AM [BRA] Olímpico/AM [BRA] Olímpico/AM [BRA]
Uniforme  Olímpico/AM [BRA] Olímpico/AM [BRA]
Mascote