União Nacional/RJ [BRA]

Atualizado em 11/04/2014
Nome Oficial União Nacional Futebol Clube
Fundação  05/11/1931
Status Atual  Mudou de nome
Endereço 
Bairro 
Cidade  Macaé
Estado  Rio de Janeiro
CEP 
País  Brasil
Retrospecto  Clique aqui para ver todos os campeonatos com participação deste time
Localização 
Telefone 
Apelido 
Mascote 
Uniforme  Azul, branco e preto
Nome Posterior  União Macaé
Equipe Ranqueada  União Nacional
Site Oficial 
Outros Sites 
Outros Sites 
Estádios  Expedicionário, Macaé/RJ, Brasil
Histórico  Outra data de fundação: 05/11/1931

Foi criado na década de 40 por um grupo de ferroviários.
Trata-se do primeiro clube da cidade a tornar-se profissional, em 1987.
No ano anterior sagrou-se campeão macaense ao vencer o São Miguel, de Quissamã. Em 1987, conquista a Taça Cidade de Macaé ao bater o Carapebus Esporte Clube.
Inicialmente vestia as cores azul e branco, quando disputava a Liga Amadora de Macaé. A partir de 1988 adota as cores semelhantes do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense.
Após brilhar em 88, conquistando o título inédito e invicto da Terceirona, o União Nacional esteve muito perto da elite do futebol fluminense, mas com a interdição do estádio Expedicionários, teve de disputar um quadrangular final contra Volta Redonda Futebol Clube, Campo Grande Atlético Clube e Associação Atlética Portuguesa, em Rio das Ostras.

Em 1991, participa da primeira edição da Copa Rio. O torneio foi dividido em dois grupo: Capital "A" com respectivamente: Flamengo, Vasco da Gama, Fluminense e Botafogo; no Interior "A": Americano Futebol Clube, União Nacional Futebol Clube, Itaperuna Esporte Clube e Associação Desportiva Cabofriense. A final foi disputada entre Flamengo e Americano. O clube rubro-negro venceu em Campos por 1 a 0 e a decisão no Maracanã por 3 a 0. Depois de vencer a Cabofriense por 3 a 2, o time macaense acabou empatando com o Americano em 1 a 1. O União Nacional ficou em terceiro lugar no seu grupo.
Em 1992, uma nova diretoria resolveu trocar a denominação para União Macaé Esporte Clube, mantendo no entanto as cores do uniforme e a data de fundação. A partir daí o clube perdeu o controle administrativo, passou a acumular inúmeros fracassos dentro de campo e fora dele só arranjou dividas com os credores. Apesar disso, o clube faz boa campanha na Copa Rio, grupo do interior, ao ficar em segundo lugar, atrás somente do Americano Futebol Clube, superando Paduano Esporte Clube, Goytacaz Futebol Clube, Olympico Futebol Clube, Itaperuna Esporte Clube e Associação Desportiva Cabofriense.

Devidos a inúmeros fracassos somados, além de dívidas com os credores, o União Macaé fechou o seu departamento de futebol em 1995. O clube viria a ser refundado com o nome de Associação Esportiva Macaé Barra Clube, a 19 de novembro de 1994, através de uma fusão com o Barra Futebol Clube, agremiação fundada a 1 de maio de 1938, com as cores azul e branco. Contudo, problemas extra-campo culminaram com o fechamento de seu departamento de futebol, encerrando completamente as atividades. O seu antigo estádio deu origem ao atual Cláudio Moacyr de Azevedo. Em 1997, o clube ainda chegou a disputar a Copa Rio, mas ficou na última colocação.

Em 1999, houve um interesse na volta ao futebol profissional, mas a exigência por parte da FFERJ de uma nova taxa de filiação, de 150.000 reais inviabilizou completamente os planos. Os dirigentes acreditavam que apenas a taxa de refiliação, a qual custava 15.000 reais seria suficiente.

Fonte: Wikipedia
Presidentes 
Hino 
Escudos na linha do tempo  Clique aqui para ver os escudos usados por este time na linha do tempo
Escudos Anteriores 
Uniforme 
Mascote