1XBET.COM

Nacional/DF [BRA]

Atualizado em 18/05/2013
Nome Oficial Central Clube Nacional de Brasília
Fundação  26/07/1958
Status Atual  Extinto
Endereço 
Bairro 
Cidade  Brasília
Estado  Distrito Federal
CEP 
País  Brasil
Retrospecto  Clique aqui para ver todos os campeonatos com participação deste time
Localização 
Telefone 
Apelido 
Mascote 
Uniforme  Camisa branca com faixa transversal verde, calção branco e meias brancas
Equipe Ranqueada  Nacional
Site Oficial 
Outros Sites 
Outros Sites 
Estádios  Aristóteles Góes, Brasília/DF, Brasil
Histórico  O Central Clube Nacional de Brasília assim denominado em homenagem à Companhia Construtora Nacional S. A. (empresa que construiu a Câmara dos Deputados e o Senado Federal), em cujo seio nasceu a inspiração de sua fundação, foi organizado em 26 de julho de 1958, em Brasília (DF).
Seu principal uniforme era camisa branca com faixa transversal verde, calção branco e meias brancas. Também usava camisa toda verde e calções brancos e meias verdes.
O Nacional foi um dos clubes fundadores, em 16 de março de 1959, da Federação Desportiva de Brasília. Nessa reunião foi representado por Edmundo Prado e Gabriel da Costa Filho.
Sobre este último, todos que o conheceram diziam que nas páginas da história do futebol de Brasília deveria figurar obrigatoriamente seu nome. Desde o advento da Nova Capital, Gabriel da Costa Filho sempre trabalhou intensa e proficuamente pelo esporte candango. No Nacional todos o conheciam apenas e simplesmente como Sr. Costa. O Sr. Costa viria a falecer pouco tempo depois, em 3 de novembro de 1961.
A partir de 31 de maio de 1959, o Nacional passou a participar do primeiro campeonato de futebol, promovido pela nova Federação, antes mesmo da inauguração de Brasília (que só aconteceria em 21 de abril de 1960). Os clubes foram divididos em Zona Sul e Zona Norte. O Nacional integrou a Zona Norte, com mais nove clubes. Com o decorrer dos jogos muitos clubes desistiram de continuar na competição. Foi o caso do Nacional, que se retirou bem antes do final das duas zonas.
No campeonato de 1964, faltou pouco para o Nacional conquistar seu primeiro título de campeão brasiliense. Ficou com a terceira colocação, um ponto atrás do campeão Guanabara e com os mesmos dezessete pontos ganhos do Dínamo, o vice-campeão. Perdeu no critério maior número de gols marcados. Nos doze jogos que disputou, venceu sete, empatou três e perdeu dois.
Finalmente Zezito foi artilheiro do campeonato, ao lado de Lula, do Guanabara, ambos com 8 gols.
Em 21 de julho de 1965 ocorreu eleição da nova diretoria do Central Clube Nacional, que ficou assim composta: Presidente - Américo Stival; Vice-Presidente - Vicente Valadares da Silva; 1º Secretário - Francisco Fabiano Portela; 2º Secretário - Olavo Silveira Medeiros; 1º Tesoureiro - Antônio Marques da Silva e 2º Tesoureiro - Sáudio Peixoto. A diretoria anterior, eleita em 15 de janeiro, foi destituída por uma Interventoria.
Neste ano de 1965, o Nacional não disputou o campeonato de amadores.
Voltou a disputar competições oficiais em 1966. No dia 26 de junho de 1966 o Torneio Início da Divisão de Amadores. No segundo jogo do dia, foi derrotado pelo Cruzeiro, por 2 x 1.
A partir de 10 de julho de 1966, o campeonato de clubes amadores, contra quatro adversários: Cruzeiro, Grêmio, Guanabara e Vila Matias. Os dois últimos foram campeão e vice-campeão, respectivamente. O Nacional ficou com a quarta posição.
Seu último jogo aconteceu em 24 de setembro de 1966, no Estádio Vasco Viana de Andrade, contra o Vila Matias. Desconhecemos o resultado.
Foi a última notícia que encontramos do Nacional. Com o final das obras da Construtora Nacional em Brasília e a consequente retirada de apoio ao clube, o Nacional foi desativado.
Presidentes  1965: Américo Stival
Hino 
Escudos na linha do tempo  Clique aqui para ver os escudos e sedes usados por este time na linha do tempo
Escudos Anteriores 
Uniforme 
Mascote 
1XBET.COM